Saúde

Oferecemos à sua empresa todo suporte necessário a uma gestão de benefícios eficiente. Aos seus funcionários, oferecemos coberturas abrangentes, ampla rede referenciada e uma série de benefícios e de vantagens.

Produto Saúde



A Porto Seguro possui diversos planos para atender ao público da sua empresa: Diamante, Ouro, Prata, Bronze e Cristal. Converse com seu corretor ou encontre um corretor.

Consulte a relação de planos.

Consulte a Tabela TPSR.

Nível de Serviço aos Clientes - Junho/2016
PRAZO MÉDIO PARA REEMBOLSO DE CONSULTAS E PROCEDIMENTOS 8 DIAS ÚTEIS
PRAZO MÉDIO PARA REEMBOLSO DE INTERNAÇÕES 15 DIAS
CÁLCULO PRÉVIO DE REEMBOLSO 2 DIAS ÚTEIS
ATENDIMENTO DE PRONTO-SOCORRO IMEDIATO
PRAZO MÉDIO PARA INTERNAÇÕES DE URGÊNCIA IMEDIATO
PRAZO MÉDIO PARA LIBERAÇÃO DE SOLICITAÇÕES DE INTERNAÇÕES DE ROTINA (SEM MATERIAIS) 5 DIAS ÚTEIS
PRAZO MÉDIO PARA LIBERAÇÃO DE SOLICITAÇÕES DE INTERNAÇÕES DE ROTINA (COM MATERIAIS) 5 DIAS ÚTEIS

 

 

 

Registro na Agência Nacional de Saúde

Rede referenciada

Consulte aqui a rede referenciada de clínicas e médicos da Porto Seguro.


Chat Online
Rede Referenciada, Reembolso e Exames

Telefones

Saúde e Odonto

  • 3366-3003 (Grande São Paulo)
  • 0800-727-2800 (Demais localidades)

 

Portomed

  • 3366-3727 (Grande São Paulo)
  • 0800-727-6161 (Demais localidades)

 

Sac

  • 0800-727-2762 (Cancelamento, reclamações e informações) - Porto Saúde e Odonto
  • 0800-727-3050  (Cancelamento, reclamações e informações) - Portomed
  • 0800-727-8736 (Atendimento exclusivo para deficientes auditivos, por meio de equipamento habilitado para essa finalidade)

 


 

Documentos Necessários

Recibos e/ou notas fiscais: sempre originais

  • Consulta Médica: recibo e/ou nota fiscal com especialidade do médico, assinatura, carimbo de identificação (mesmo que o papel seja timbrado), números do CRM e CPF, especificação do tipo de serviço e data da consulta. Se o recibo do médico for emitido por uma clínica, é necessário utilizar papel timbrado em que conste o CNPJ.
  • Exame: apresentar pedido médico, nota fiscal e/ou recibo das despesas, discriminando os exames por preço e unidade. Em caso de materiais, medicamentos e taxas, é necessário discriminar os valores unitários, além de laudos e relatório médico que informam a indicação clínica e a relação de exames.
  • Terapias: recibo e/ou nota fiscal com discriminação, tipo, quantidade de sessões realizadas, respectivos valores e a identificação do prestador do serviço com carimbo contendo Crefito, CRP ou CRF. O relatório deve ser do profissional médico (com o número do CRM), especificando o diagnóstico básico, tratamento proposto e a quantidade de sessões solicitadas. Obs.: Acupuntura deve ser realizada por profissional médico com CRM.
  • Internações: conta hospitalar discriminando as despesas, relação de materiais e medicamentos utilizados, exames efetuados com preços por unidade, juntamente com as vias originais das notas fiscais. Em todos os serviços ou procedimento, deverá constar a data em que este foi realizado, relatório médico justificando o tratamento e período da internação. Caso sejam utilizados materiais/medicamentos especiais, poderá ser solicitada a nota fiscal do fabricante e o laudo anatomo patológico da lesão, quando for o caso.
  • Honorários médicos: recibos e comprovantes de pagamentos dos honorários médicos, constando especialidade, data, assinatura, carimbo de identificação (mesmo que o papel seja timbrado), números do CRM e CPF, bem como especificação do tipo de serviço e qual a ocupação na cirurgia e enviar recibos individuais de pessoa física com dados respectivos ou pessoa jurídica com dados individuais e se houver, laudos de exames.
  • Radioterapia e quimioterapia: recibo original da instituição ou médico que efetuou o tratamento, contendo a devida identificação (nome, CRM, CPF ou CNPJ), discriminação dos tipos e da quantidade de sessões realizadas com seus respectivos valores e datas. Se houver cobrança de taxas, materiais e medicamentos, estes deverão vir com valores unitários discriminados e separados, além do relatório médico especificando diagnóstico, tratamento, tipo, quantidade de sessões e medicação utilizada.
  • Pequeno atendimento (cirurgia de pequeno porte em consultório, pronto-socorro, urgência): recibo e/ou nota fiscal constando data, assinatura, carimbo de identificação (mesmo que o papel seja timbrado); números do CRM, CPF ou CNPJ, relatório médico especificando o diagnóstico, os resultados dos principais exames e o tipo de tratamento efetuado; relação de materiais e medicamentos utilizados e exames efetuados com preços por unidade, independentemente dos honorários médicos. Caso se trate de acidente pessoal, discriminar o tipo de acidente, caracterizando-o com a data da realização do procedimento, o local, horário e laudo anatomopatológico da lesão, quando for o caso. Os recibos e notas fiscais deverão ser emitidos em nome do paciente e não serão aceitos recibos de papelarias. Além disso, deverão conter carimbo de “pago” ou recibo de quitação. Nos reembolsos iguais e/ou acima de R$ 10.000,00 (dez mil reais), o Usuário deverá apresentar cópia do documento de identificação (RG), CPF e comprovante de residência (recente), para que o pagamento seja efetuado.