Fundo

Consórcio

CONTA INATIVA DO FGTS. CONFIRA AS NOSSAS ORIENTAÇÕES

Prezado(a) consorciado(a), estamos atentos ao processo de liberação para saque das contas inativas do FGTS e como essa novidade pode impactar no seu consórcio.

Se você utilizou o FGTS como lance e sua cota foi contemplada, sugerimos que o recurso não seja sacado para que possa ser utilizado na aquisição do seu imóvel.

Alertamos que, se você optar por sacar o valor, a sua contemplação será cancelada.

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco pelo Chat On-line


NOVA LEI DO CONSÓRCIO

Conheça as novas regras do consórcio. A Porto Seguro Consórcio ajuda você a entender as principais mudanças ocorridas no sistema de consórcios no Brasil com a entrada da nova lei dos consórcios (Lei nº 11.795/2008), que está em vigor desde o dia 6 de fevereiro 2009.

Entre os principais destaques, está a possibilidade de contratar um consórcio para adquirir serviços (uma viagem, por exemplo) e de utilizar a cota adquirida para quitar financiamentos.


NOVO FORMATO DE OFERTA DE LANCE

Os lances serão recebidos até as 10h do dia das respectivas assembleias, por meio da Central de Relacionamento nos telefones (11) 3366-3006 ou 0800-721-3006 (demais regiões) e/ou pelo WebCota no site www.portoconsorcio.com.br/cliente. Pessoalmente também é possível, no dia e local da assembleia.

Os lances serão recebidos até as 10h do dia das respectivas assembleias, por meio da Central de Relacionamento nos telefones
(11) 3366-3006 ou 0800-721-3006 (demais regiões) e/ou pelo WebCota no site www.portoconsorcio.com.br/cliente.
Pessoalmente também é possível, no dia e local da assembleia.


CAIXA DEFINE REGRAS QUE AMPLIAM O USO DO FGTS NO SISTEMA DE CONSÓRCIO IMOBILIÁRIO

Caixa define regras que ampliam o uso do FGTS no Sistema de Consórcio Imobiliário. A utilização do FGTS está disponível, desde 18/03/2010, para os consorciados que já tenham sido contemplados com a carta de crédito e tenham adquirido o imóvel.

A novidade é que o consorciado poderá utilizar os recursos do FGTS para amortização, para liquidação de saldo devedor ou para pagamento de parte das prestações (limitado a 80% do valor da prestação).


LOCAL DAS ASSEMBLEIAS

Alameda Barão de Piracicaba, 601 - Auditório Paulo Freire - São Paulo/SP.

Alameda Barão de Piracicaba, 601 - Auditório Paulo Freire - São Paulo/SP.


INFORME DE RENDIMENTOS

A partir de 01/03/2017, a Receita Federal disponibilizará o programa para declaração do imposto de renda (IRPF) exercício 2016/2017. Para auxiliá-lo(a) no preenchimento de sua declaração, seguem algumas dicas:   Está obrigado a entregar declaração toda pessoa com rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91 no período de 2016; Relacione de forma discriminada seus bens e direitos e os de seus dependentes informados na declaração, no Brasil e no exterior, retratando a situação em que se encontravam em 31 de dezembro de 2015 e de 2016.

 BENS E DIREITOS

 

Consórcio contemplado em 2016:

 

Informe no código 95 no campo Discriminação, o nome e o número de inscrição no CNPJ da administradora do consórcio, o tipo de bem objeto do contrato e a quantidade de parcelas pagas e a pagar.

 

No campo Situação em 31/12/2015, informe o valor constante da declaração do exercício de 2016, ano-calendário de 2015 (se o consórcio foi adquirido em 2016, não preencha esse campo) e não preencha o campo Situação em 31/12/2016.

 

Abra um novo item com o código específico do bem recebido, informe no campo Discriminação os dados do bem e do consórcio, não preencha o campo Situação em 31/12/2015 e, no campo Situação em 31/12/2016, preencha o valor declarado acrescido das parcelas pagas em 2016.

 

Consórcio não contemplado em 2016:

 

Utilize o código 95 e informe, no campo Discriminação, o nome e o número de inscrição no CNPJ da administradora do consórcio, o tipo de bem objeto do contrato e a quantidade de parcelas pagas e a pagar.

 

No campo Situação em 31/12/2015, informe o valor constante da declaração do exercício de 2016, ano-calendário de 2015 (se o consórcio foi adquirido em 2016, não preencha esse campo) e preencha o campo Situação em 31/12/2016 com o valor do campo Situação em 31/12/2015 acrescido das parcelas pagas em 2016.

 

O extrato para fins de IRPF está disponível no WebCota.